Talismã

Talismã M Rio Zambujal Oferece Nos P Ginas De Supremo Divertimento Em Que A Imagina O E O Humor Levam O Leitor Ao Sorriso, Gargalhada E Reflex O Nos Ltimos Tempos Eu Ia Me Cruzando Com Gente Fiada Em Amuletos, Fetiches, Talism S, Oh, Sorte Ingrata, N O Apreciam A Desordem Natural Das Coisas A Vida De Pablo Lu S Martinez Da Silva Teve In Cio Turbulento Por Pouco N O Chegava Atrasado Ao Parto Na Galiza, Vontade De Sua M E, Dona Maria Xos Foi O Pren Ncio De Uma Cadeia De Acontecimentos Que Ele Definia Como A Desordem Natural Das Coisas Entre Desencontros E Encontros Sentimentais, Enreda Se Em Trabalhos De Alto Risco Corre Em Busca De Uma Jovem Loura Que Perdeu Um Sapato E Foge De Fac Noras De Calibre Internacional

em Moura, Alentejo, em Mar o de 1936 e iniciou a sua actividade nos jornais, ainda adolescente, no seman rio sat rico Os Rid culos Como jornalista profissional, foi redactor de A Bola e de O Jornal, chefe de redac o de O S culo e do Di rio de Not cias, director adjunto do Record, director do Mundo Desportivo e Tal Qual, director fundador do Sete.Da imprensa escrita passou para a RTP onde criou, dirigiu e apresentou programas diversos Nos dom nios da fic o, escreveu para r dio, teatro, televis o e publica es v rias Em 1980 lan ou o seu primeiro livro Cr nica dos Bons Malandros, tamb m adaptado ao cinema, e desde ent o tem publicado in meras obras.

[KINDLE] ❂ Talismã Author Mário Zambujal – Ultimatetrout.info
  • Paperback
  • 152 pages
  • Talismã
  • Mário Zambujal
  • Portuguese
  • 15 August 2018
  • 9789897242694

10 thoughts on “Talismã

  1. says:

    M rio Zambujal j nos habituou a um estilo inconfundivelmente pautado pelo humor e ironia Talism Clube do Autor, 2015 , o seu mais recente romance, n o foge regra Ao longo de 151 p ginas, somos levados pelas m os de Pablo Lu s Martinez da Silva, um desafiado da sorte ou do azar que nos vai retratando as aventuras e desaventuras da sua vida, na qual t m lugar os mais rocambolescos epis dios Somos colocados perante as situa es mais inusitadas, tendo sempre, como pano de fundo, as cren as de sorte e azar Zambujal vai tecendo cr ticas mordazes sociedade actual, e n o s no que diz respeito a supersti es Aqui tudo caricaturado, como a sociedade que comunica tudo por siglas para poupar na fala , a mesma sociedade que vive a tirania do telem vel.Quem nunca leu Zambujal pode estranhar a grafia de algumas palavras, como feicebuque , imeil , t um , tualete , sem quingues ou coqueteile Isto mais n o do que o profundo respeito pela l ngua portuguesa, bem not rio em cada palavra escrita, que faz o autor adaptar todo e qualquer estrangeirismo sua l ngua m e e n o usar o Novo Acordo Ortogr fico.Afinal, o que a sorte e o azar Devemos acreditar no poder de um talism O melhor lerem o livro e tirarem as vossas conclus es Mas ficam desde j avisados O improv vel acontece Provavelmente Aconselhado a pessoas com sentido de humor, que procuram divertir se e serem entretidas por uma hist ria com muita malandrice mistura.Opini o completa no Deus Me Livro

  2. says:

    M rio Zambujal apresenta se com mais um enredo ao seu estilo A personagem Pablo da Silva alvo das mais variadas aventuras e desventuras A figura encara a desordem natural das coisas e tal a desordem que por pouco n o chegava atrasado ao seu parto alterna as profiss es tanto quanto alterna as paix es no final apenas necessitava de um talism.

  3. says:

    M rio Zambujal acabou de conquistar o p dio do meu escritor favorito O nico pecado do livro ser demasiado curto, queria mais Adoro a escrita, o humor e a sensa o de estar a ouvir mesmo portugu s.

  4. says:

    Este o quarto livro de M rio Zambujal que tive o prazer de ler.Adoro a sua escrita e o sentido de humor muito pr prio Aconselho este livro a todos os tipos de leitores que gostem de uma boa trama, com uma pitada de humor muito inteligente Obrigada por este talism , M rio Zambujal Como leitora sinto me feliz

  5. says:

    Como sempre uma hist ria interessante, escrita de uma forma din mica.

  6. says:

    Escrita acelerada, exige leitura ao mesmo ritmo Alucinante.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *